Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


CuriosidadesFilmesLivros

Garota, Interrompida e + 9 histórias reais que parecem ficção

Biografias que provam como a vida pode ser surpreendente

04/06/2024

“Baseado em fatos reais.” Eis uma frase relativamente simples, mas que levanta muitas discussões. Apesar de ser um slogan recorrente em livros e filmes, há tempos que aprendemos a desconfiar de obras que dizem ser inspiradas em eventos que realmente aconteceram. Na grande maioria dos casos essas narrativas utilizam apenas uma pequena porção da verdade e a misturam em meio à ficção para engrossar suas histórias. Mas não nos entenda mal, essa liberdade criativa está longe de ser algo ruim, viu? Além de relativamente comum, ela muitas vezes é crucial para a criação e desenvolvimento das histórias que amamos.

LEIA TAMBÉM: SUSANNA KAYSEN: 5 CURIOSIDADES SOBRE A AUTORA DE GAROTA, INTERROMPIDA

No entanto, de vez em quando surgem obras que nos pegam desprevenidos e nos fazem pensar “é impossível que isso tenha acontecido de verdade”. Histórias tão absurdas e bizarras que parecem ter saído de filmes ou livros. Histórias que são inteiramente verídicas e aconteceram com pessoas como nós. Transportadas para ou para o cinema e televisão ou para a literatura elas mostram que a realidade pode ser sim muito mais visceral e estranha do que a ficção. Entre dramas arrebatadores, crimes chocantes, personalidades únicas e experiências angustiantes, a Caveira separou 10 histórias que são tão impactantes que até parecem ficção, mas que na verdade são assustadoramente reais. 

1. Garota, Interrompida

Susanna Kaysen tinha apenas 18 anos quando foi internada em um hospital psiquiátrico na década de 1960. Após uma tentativa de suicídio, a jovem foi diagnosticada com transtorno de personalidade borderline e permaneceu cerca de 18 meses internada, algo muito diferente do tempo que lhe foi inicialmente proposto. A mente tumultuada e a jornada de autodescoberta de Susanna, assim como os indivíduos com quem conviveu durante esse tempo, foram transportadas para o relato autobiográfico ficcionalizado, Garota, Interrompida. Publicado pela primeira vez em 1993 e recém-chegado na DarkSide® Books, Garota, Interrompida mergulha na psique humana com percepções sobre saúde mental, identidade e aceitação, oferecendo uma visão simultaneamente angustiante e esperançosa das vivências da autora. Em 1999, o livro foi adaptado para os cinemas no filme homônimo dirigido por James Mangold onde Susanna foi interpretada por Winona Ryder. 

garota interrompida

LEIA TAMBÉM: 7 FILMES QUE ABORDAM A SAÚDE MENTAL

2. Cherry: Inocência Perdida

Aos 20 anos, o jovem Nico Walker se alistou no Exército dos Estados Unidos, sendo rapidamente enviado para atuar na Guerra do Iraque. Quando enfim retorna para casa, Nico não consegue se readaptar à vida de antes, recorrendo ao uso de opioides e outras substâncias químicas para aliviar as memórias dos horrores testemunhados. O vício devastador também prejudica suas tentativas de retomar sua educação e seus relacionamentos pessoais. Sem dinheiro, a solução encontrada foi recorrer ao crime, resultando no assalto de dez bancos em quatro meses. Após ser preso em 2011 e sentenciado a onze anos de reclusão, Nico dedicou seu tempo na prisão para escrever seu primeiro romance, Cherry: Inocência Perdida, no qual oferece um relato explosivo com contornos autobiográficos. Transformado em filme em 2021, Cherry aborda temas difíceis como a violência da guerra, a epidemia de opioides, transtornos mentais não diagnosticados, dependência química e os rumos autodestrutivos pelos quais um indivíduo pode enveredar.

cherry

3. Os Bons Companheiros

“Desde que eu me lembro, sempre quis ser um gangster.” É desse jeito que se inicia Os Bons Companheiros, filme de máfia clássico dirigido por Martin Scorsese em 1990. No entanto, o que muita gente não sabe é que o longa é baseado no livro homônimo de não ficção escrito por Nicholas Pileggi, o qual relata a história verídica de Henry Hill e sua associação com uma das mais importantes e poderosas famílias da máfia de Nova York. Em Os Bons Companheiros, acompanhamos o protagonista por quase três décadas até sua prisão em 1980, quando então entrou para o Programa Federal de Proteção à Testemunha e delatou seus antigos colegas. Conhecido por cobrir o mundo do crime organizado e da máfia, em Os Bons Companheiros Nicholas Pileggi conta a história de Hill de maneira sóbria e autêntica, fornecendo ao leitor uma fascinante espiadela nesse mundo permeado por violência, poder, brutalidade e códigos de honra. 

bons companheiros

4. Bebê Rena

Tudo começou com uma inocente xícara de chá. Donny Dunn era um aspirante a comediante que trabalhava também como barman em um pub local. Eis que um dia, uma cliente entra chorando e Dunn lhe oferece uma xícara de chá por conta da casa para tentar animá-la. No entanto, o encontro casual desencadeia uma obsessão sufocante quando o comportamento amigável da mulher, chamada Martha, dá lugar a uma perseguição e assédio implacáveis, que ameaçam a vida do comediante e o força a enfrentar traumas do passado. Essa é a sinopse de um dos maiores fenômenos atuais da Netflix: Bebê Rena. A minissérie, criada e protagonizada pelo britânico Richard Gaad, foi um sucesso instantâneo no mundo todo e chocou os espectadores ao abordar temas pesados como abuso sexual e stalking. No entanto, a história fica ainda mais mirabolante quando descobrimos que tudo isso realmente aconteceu com o próprio Gaad, que na série se transforma em Donny Dunn. 

bebê rena

5. Cassino

Um dos maiores escândalos da história da máfia. Essa é a premissa de Cassino, outro clássico do true crime escrito por Nicholas Pileggi, autor que se tornou um dos maiores especialistas no assunto. Publicada em 1995, a obra apresenta uma visão real e sombria do mundo dos jogos e apostas de Las Vegas por meio da história verídica de Frank “Lefty” Rosenthal, especialista em cassinos, e Anthony “the Ant” Spilotro, o qual administrava Las Vegas para os chefões da máfia. Contando com a colaboração em primeira mão de Lefty, em Cassino Pileggi mergulha na vida e relação da dupla que comandava a cidade e acaba destruída por obsessões, investigações, traições e um escândalo inesquecível. No mesmo ano do lançamento, a obra foi transformada no filme homônimo dirigido por Martin Scorsese e protagonizado por Robert De Niro, Joe Pesci e Sharon Stone.  

cassino

6. Foxcatcher: Uma história que chocou o mundo

Lançado em 2014, Foxcatcher conta a história de John du Pont, herdeiro de uma rica e proeminente família, que convida o lutador olímpico Mark Schultz para se mudar para sua propriedade e ajudá-lo a construir uma equipe de luta greco-romana para competir nas Olimpíadas de 1988. Embora a empreitada seja inicialmente bem-sucedida, as tensões entre John e Mark logo vêm à tona, intensificando-se com a chegada de Dave, irmão mais velho de Mark e uma lenda do esporte. Com um enredo chocante que parece ter saído da ficção, Foxcatcher é um drama esportivo que conta a sinistra história real do multimilionário e do trágico assassinato de Dave Schultz em janeiro de 1996. O crime, cometido por Du Pont, se tornou manchete nacional nos Estados Unidos, expondo um homem perigoso e obcecado que utilizou seu dinheiro para permanecer acima da lei. Dirigido por Bennett Miller, o filme foi protagonizado por Steve Carell, Channing Tatum e Mark Ruffalo, rendendo cinco indicações ao Oscar®.

foxcatcher

7. Eu, Tonya

Ao final dos anos 1980, Tonya Harding era um ícone da patinação artística no gelo, conhecida por seu estilo arrojado e diferente.  No entanto, engana-se quem acha que a atleta ficou conhecida unicamente pelo desempenho dentro do ringue. Em 1994, Tonya esteve envolvida em um dos maiores escândalos do esporte quando seu ex-marido, sob seu conhecimento, contratou um homem para ferir sua grande rival, Nancy Kerrigan. O caso não apenas foi levado ao tribunal, como também fez com que Tonya fosse banida para sempre dos eventos de patinação artística. Dirigido por Craig Gillespie, Eu, Tonya é uma mistura de comédia dramática e biografia que narra a vida da controversa patinadora, vivida por Margot Robbie, assim como o chocante evento que a retirou para sempre dos ringues de gelo.

eu tonya

8. 127 Horas

Com um enredo que parece ter saído direto dos nossos piores pesadelos, 127 Horas conta a história do alpinista Aron Ralston, que embarca em uma exploração solitária no Parque Nacional de Canyonland, no estado de Utah, Estados Unidos. O terror começa quando durante a escalada uma rocha se solta e prende seu braço direito contra a parede. Para piorar a situação, ninguém sabe onde Aron está e ele precisa fazer o inimaginável para sobreviver. Digno de um filme de terror, 127 Horas é uma adaptação do livro Between a Rock and a Hard Place escrito pelo próprio Aron que relata o incidente que quase tirou sua vida em 2003 e lhe deixou preso por cinco dias no deserto.

127 horas

9. Bling Ring: A Gangue de Hollywood

Dirigido por Sofia Coppola e estrelado por Emma Watson, Bling Ring: A Gangue de Hollywood conta uma história tão inacreditável que parece ter sido inventada. Entre 2008 e 2009, uma gangue de adolescentes de classe média alta utilizou a internet para rastrear e invadir a residência de inúmeras celebridades em Los Angeles, roubando milhões de dólares em roupas, sapatos, bolsas e joias. Estima-se que mais cinquenta casas tenham sido invadidas, como as pertencentes a Paris Hilton, Megan Fox, Lindsay Lohan e Orlando Bloom. Após um escândalo midiatizado, o grupo eventualmente foi preso e sentenciado por roubo e outros crimes, como invasão domiciliar. Embora altere os nomes dos envolvidos, Bling Ring: A Gangue de Hollywood conta detalhadamente a história como ela aconteceu, sendo baseado no artigo “Os Suspeitos Usavam Louboutins”, publicado em 2010 na revista Vanity Fair

bling ring

10. Run, Brother, Run

Run, Brother, Run foi escrito por pelo advogado David Berg, que utilizou a literatura para expor o caso mais dramático de sua vida: o assassinato de seu irmão Alan em 1968. Após uma infância conturbada e separação forçada, os irmãos se reconectam anos depois, aproximando-se cada vez mais até serem interrompidos por uma tragédia. Aos 31 anos, Alan desapareceu sem deixar vestígios. Seis meses depois, seus restos mortais foram encontrados em uma valeta no Texas. O homem acusado do crime se chamava Charles Harrelson e é aqui que a história fica ainda mais estranha. O nome soa familiar? É que você provavelmente já deve ter ouvido falar de seu filho, o ator Woody Harrelson. Isso mesmo, o Harrelson pai era um assassino profissional conectado ao crime organizado. Além de acompanhar o caso e o julgamento em questão, em Run, Brother, Run Berg expõe memórias familiares dolorosas e aborda temas como a relação entre pai e filho, destruição conjugal, extorsão, jogo imprudente e é, claro, assassinato a sangue frio. 

charles harrelson

LEIA TAMBÉM: 10 FILMES INSPIRADOS EM CRIMES REAIS

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Garota, Interrompida + Brinde Exclusivo
R$ 59,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Cherry: Inocência Perdida + Brinde Exclusivo
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Cassino + Brinde Exclusivo
R$ 79,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesNovidades

Tudo que sabemos sobre MaXXXine

E quem diria que um terror indie sem distribuição chegaria ao terceiro filme com...

Por DarkSide
FilmesNovidades

Jogos Mortais XI tem novidades de roteiro e lançamento adiado

Marcus Dunstan, roteirista de Jogos Mortais XI, finalmente atualizou os fãs sobre o...

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Pin: Um Trauma feito de loucura e plástico

Alguns filmes sempre foram raros no Brasil, outros acabaram sendo subestimados e...

Por Cesar Bravo
CuriosidadesDarkloveEntrevista

Rachel Rabbit White pelas palavras de Nico Walker (e dela própria)

O que os livros Carrossel dos Desejos e Cherry: Inocência Perdida têm em comum? Numa...

Por DarkSide
GamesMacabraNovidades

Conheça o jogo de tabuleiro de Condado Maldito

Se você é fã da série de graphic novels Condado Maldito e gosta de jogos de...

Por DarkSide