Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


CuriosidadesDarksideFilmes

Qual a relação entre Poltergeist e Ed e Lorraine Warren?

Quando a realidade e a ficção se confundem

22/03/2023

O ano de 1982 foi bem movimentado para os fantasmas e as casas mal-assombradas da ficção. Entre diversos filmes lançados naquele ano com essa temática, um conseguiu resistir ao teste do tempo: Poltergeist, que conta com roteiro de Steven Spielberg e direção de Tobe Hooper.

LEIA TAMBÉM: QUAL A DIFERENÇA ENTRE FANTASMA, POLTERGEIST E ASSOMBRAÇÃO?

O longa mostra os fenômenos paranormais vividos pela família Freeling após se mudar para um loteamento planejado. Só que além de eventos estranhos e objetos que se movem sozinhos, Carol Anne, a filha mais nova, é sequestrada pelos espíritos que habitam o local, conhecidos como poltergeists.

O roteiro do filme partiu de uma miscelânea de influências, desde um livro que Tobe Hooper havia lido, até um conceito básico formulado por Spielberg e que acabou amadurecendo com o script de Michael Grais e Mark Viktor. Embora seja completamente fictício, o longa certamente recebeu influências — direta ou indiretamente — de alguns eventos sobrenaturais relatados por pessoas reais. Um deles, envolvendo o famoso casal de demonologistas Ed e Lorraine Warren.

O Poltergeist de Enfield

Um dos casos mais conhecidos investigados pelo casal Warren ocorreu poucos anos antes de Poltergeist ser feito. Coincidentemente, esse foi exatamente o termo utilizado para definir os acontecimentos de uma residência localizada no norte de Londres: o Poltergeist de Enfield.

O episódio é relatado em detalhes no livro 1977: Enfield e serviu de base para Invocação do Mal 2. No verão de 1977, Peggy Hodgson e sua família começaram a perceber acontecimentos inexplicáveis em casa, que perduraram por aproximadamente dezoito meses.

Além de Peggy e seus filhos, mais de trinta testemunhas relataram os eventos, incluindo vizinhos, detetives de fenômenos paranormais e jornalistas. As pessoas viram e ouviram incidentes inexplicáveis na casa, como móveis em movimento, objetos voando sem motivo, ruídos estranhos e até levitação.

A história chamou a atenção de Ed e Lorraine Warren, que viajaram até a Inglaterra para investigar tais acontecimentos em 1978. Eles não foram os únicos investigadores paranormais a estudar o caso, que foi um dos fenômenos sobrenaturais melhor documentados da história, com direito a uma cobertura jornalística que teve até vigília de profissionais na casa.

Da mesma maneira misteriosa que começaram, os acontecimentos estranhos em Enfield pararam em 1979, pouco antes de Spielberg e Hooper darem os primeiros passos na produção de Poltergeist

LEIA TAMBÉM: 8 CASOS INVESTIGADOS POR ED & LORRAINE WARREN QUE IRÃO TE POSSUIR

Embora nenhum dos roteiristas tenha atribuído a história do filme ao caso de Enfield, sua ampla exposição na mídia e a fama do casal Warren na época certamente contribuíram com alguns elementos aproveitados no filme — incluindo a equipe de investigadores que se dirige à casa dos Freeling para entender o que aconteceu com Carol Anne. A própria dra. Lesh (Beatrice Straight) passa uma vibe meio Lorraine Warren.

poltergeist
Amblin/Divulgação

Um caso ainda mais parecido com Poltergeist

Se o filme já tem suas semelhanças com o caso do Poltergeist de Enfield, há um outro com uma história até bem mais parecida com a do longa. Na noite de fevereiro de 1958, um homem chamado James Hermann, que morava em Long Island, recebeu uma ligação de sua esposa, Lucille, dizendo que ela e os filhos adolescentes ouviram uma série de estalos vindos de diferentes pontos ao redor de casa.

Quando foram investigar a causa dos sons, descobriram várias garrafas destampadas com substâncias que vazaram em diferentes cômodos da casa, incluindo uma com água benta, esparramada por toda a cômoda do quarto. Cético, Hermann orientou que a família se acalmasse e não comentasse aquilo com ninguém. Afinal, deveria ser algum tipo de pegadinha, certo?

Porém, no dia seguinte aquilo aconteceu de novo e Hermann viu com os próprios olhos as garrafas se moverem sozinhas pelo banheiro, mais ou menos como os objetos na cozinha dos Freeling. Dessa vez, ele chamou a polícia.

Os policiais fizeram uma série de testes para descartar a possibilidade de algum tipo de interferência elétrica ou radiofônica que poderia ter aquecido as garrafas, o que não se confirmou. Definitivamente, não seria possível explicar aquele fenômeno através da razão, e a família chamou um padre para benzer a casa.

casa hermann
The Daily News/Reprodução

O caso rapidamente chamou a atenção das pessoas e chegou a ser tema de um artigo publicado na revista Life. Os eventos inexplicáveis continuaram ocorrendo, e alguns policiais tiveram a oportunidade de vê-los pessoalmente.

Um fato que chamou a atenção é que a residência dos Hermann não se enquadrava no padrão típico de casas mal-assombradas: era uma construção nova, comprada apenas cinco anos antes e onde apenas aquela família havia morado. Ou seja, não deveria conter qualquer tipo de interferência do espírito de um habitante antigo. 

Porém, os episódios sobrenaturais pararam por conta própria e as causas nunca chegaram a ser apuradas. A família acabou se mudando e nenhum cemitério indígena foi relacionado ao terreno onde o imóvel foi construído.

Quer uma curiosidade um pouco mais perturbadora? A casa dos Hermann ficava a aproximadamente 10 km de outra residência assombrada: a própria Amityville, que também foi investigada por Ed e Lorraine Warren.

Quem não tiver medo de investigar os perturbadores casos estudados pelo casal, tem uma coleção completa de livros sobre esses casos reais: 

Ed & Lorraine Warren: Demonologistas: a biografia definitiva dos mais famosos investigadores paranormais do nosso plano astral.

Ed & Lorraine Warren: Lugar Sombrio: conta o caso do exorcismo de Connecticut, que serviu de inspiração para o filme Evocando Espíritos, de Peter Cornwell.

Ed & Lorraine Warren: Vidas Eternas: esse livro conta o caso do poltergeist da família Smurl a partir de relatos da família e de testemunhas dos episódios inexplicáveis que aconteceram naquela casa.

Ed & Lorraine Warren: Luz nas Trevas: conta a história conhecida como o Demônio de Connecticut, sobre um réu acusado de assassinato que alegou possessão demoníaca para cometer o crime. O caso deu origem ao filme Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio.

livros ed e lorraine

Com tantos poltergeists e assombrações no currículo, a Caveira tem certeza de que o casal Warren poderia ter ajudado os Freeling a expulsar aqueles espíritos de sua casa.

LEIA TAMBÉM: O QUE É REAL E O QUE É FICÇÃO NOS FILMES DO CASAL WARREN

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Poltergeist + Brinde Exclusivo
R$ 84,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Amityville + Brinde Exclusivo
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesGamesLivros

12 Histórias de suspense que se passam em lugares gélidos e isolados

Imagine a seguinte cena: uma lareira aconchegante situada na sala de estar enquanto o...

Por DarkSide
CuriosidadesDarkside

Backrooms: Bastidores da realidade?

Ao longo dos anos, a internet se mostrou um lugar particularmente fértil para a...

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Brain Dead: Seu cérebro nunca será desligado

Depois de tudo o que foi feito pelo horror nos anos 1980, nosso gênero mais amado (e...

Por Cesar Bravo
Graphic NovelNovidades

Spa, de Erik Svetoft, é finalista do Prêmio Eisner

Tem história publicada pela DarkSide® Books entre os finalistas do Prêmio Eisner...

Por DarkSide
FilmesNovidades

Alpha: terceiro filme de Julia Ducournau vem aí

A cineasta francesa Julia Ducournau se estabeleceu como uma verdadeira visionária do...

Por DarkSide