Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


ArtigoCuriosidades

O que é Fomo e como saber se você tem

Síndrome se tornou mais comum por causa das redes sociais

09/01/2023

Sabe quando você se sente deixado de lado por não ter assistido àquela série que todo mundo está comentando? Ou quando se sente mal porque parece que todo mundo tem uma vida mais legal do que a sua? Ou até mesmo já se sentiu obrigado a saber o que acontece no mundo (e nas vidas dos seus amigos) o tempo inteiro? Quando isso se torna muito frequente ou causa ansiedade, pode ser um caso de Fomo.

LEIA TAMBÉM: TODOS SOFREM DE NOMOFOBIA: MILLENIALS, GERAÇÃO Z E CRINGE

A sigla vem do inglês Fear of Missing Out , algo como “medo de ficar de fora”. Como o próprio nome já explica, Fomo está relacionado àquela ansiedade que surge quando sentimos que estamos perdendo alguma experiência que os outros estão desfrutando, seja uma série, um livro, uma viagem ou uma festa.

Embora o termo só tenha surgido com estas palavras em 1996 pelo estrategista de marketing dr. Dan Hermann, este fenômeno existe há muito mais tempo. Mas foi o advento da internet, e principalmente das redes sociais, que popularizou a síndrome e fez com que mais especialistas se dedicassem a estudar este aspecto bem específico da ansiedade.

As redes sociais podem não ser as causadoras, mas funcionam como catalisadoras de Fomo. Isso porque as pessoas comparam a sua vida normal com os melhores momentos das vidas dos outros. Com isso, a sensação do que é “normal” fica distorcida e você sempre tem a impressão de que a sua vida é pior do que a dos outros.

A sensação que temos quando entramos no Instagram, por exemplo, é a de que aquilo ali é um lugar para tirar vantagem. É o local onde coisas, eventos e até mesmo a própria felicidade parecem ser motivo de competição. São vidas editadas, comparando as melhores experiências e os melhores filtros com o mundo real – o que promove aquela angústia de tudo aquilo que não estamos vivendo.

Sinais de que você pode estar sofrendo de Fomo

Embora diagnósticos psicológicos só possam ser emitidos por profissionais da área, é possível ficar atento a alguns sinais de que você possa estar sofrendo com Fomo. Os principais são:

Sempre dizer sim: esqueça o que você aprendeu naquele filme do Jim Carrey, às vezes é preciso dizer não. Se você percebe que concorda com coisas das quais não faz tanta questão, apenas para não ficar de fora, é melhor ligar o alerta.

Sentir-se excluído: desde uma discussão sobre um assunto que você não tem interesse ou domina até algum tipo de reunião de colegas da qual você ficou fora, achar que você não é bem-vindo ou que está desconectado dos outros ao seu entorno com frequência pode ser um sinal de Fomo.

Estar insatisfeito com a própria vida: pesquisadores descobriram a relação desta sensação com Fomo principalmente pela excessiva comparação com a vida alheia.

Passar MUITO tempo nas redes sociais: embora as redes sociais tenham nos dado a possibilidade de “acompanhar” a vida dos outros a todo momento, há muito mais coisas acontecendo fora da tela do seu celular. Que tal dar um tempo?

Viver em ritmo acelerado: manter um ritmo de vida constantemente acelerado, entre trabalho(s) e infinitos hobbies pode ser um sinal de Fomo.

Ser “fogo de palha”: sabe aquela pessoa que está sempre por dentro das últimas tendências e temas, mas não permanece ali por muito tempo? Ela está sempre buscando algum outro interesse ou projeto, mudando para a próxima aventura. 

Preocupar-se demais com a opinião alheia: e isso vale para tudo, desde a roupa que você veste até o seu corte de cabelo ou a sua carreira. 

Sentir necessidade de estar cercado por outras pessoas: somos seres sociáveis, é claro. Mas a Fomo pode provocar uma necessidade avassaladora de sempre estar com alguém, sejam eles colegas, amigos ou parceiros, fazendo com que a pessoa não se sinta bem sozinha.

Sintomas físicos: insônia, cansaço ou muito estresse podem ser sintomas de Fomo. 

LEIA TAMBÉM: MARCO DE CASTRO: “O HORROR DA REALIDADE SEMPRE SUPLANTA O HORROR IMAGINÁRIO.”

Boa parte destes sintomas também pode estar associada a outras situações. Se você quer testar melhor a possibilidade de estar sofrendo com Fomo, classifique as afirmações a seguir com uma escala de 1 a 5, sendo 5 uma situação que ocorre com o máximo de frequência.

– Eu tenho medo de que os outros estejam tendo experiências mais satisfatórias do que eu.

– Eu tenho medo de que os meus amigos estejam tendo experiências mais satisfatórias do que eu.

– Eu fico angustiado quando descubro que os meus amigos estão se divertindo sem mim ou não me convidaram para algo.

– Eu fico angustiado quando não sei o que os meus amigos estão fazendo.

– Para mim é importante sentir que sou parte do grupo e que entendo todas as piadas internas dos meus amigos.

– Eu já me perguntei se passo muito tempo me atualizando das vidas dos meus amigos nas redes sociais.

– Sinto-me incomodado quando perco uma oportunidade de me encontrar com os meus amigos.

– Quando estou me divertindo é importante que eu compartilhe isso em detalhes nas redes sociais.

– Sinto-me incomodado quando perco algum tipo de encontro planejado com meus amigos.

– Quando saio de férias continuo acompanhando constantemente o que os meus amigos estão fazendo para que eu saiba o que está acontecendo.

Se a soma das suas respostas for superior a 25, ligue o sinal de alerta pois existem alguns sinais de Fomo ali.

Como minimizar a Fomo

Se você se identificou com os sintomas acima, é provável que a síndrome já cause ou irá causar algum tipo de prejuízo na sua vida, seja ele físico ou emocional. Estudos associam a incidência de Fomo com infelicidade e insatisfação com a própria vida. A boa notícia é que alguns passos podem ajudá-lo a minimizar este impacto:

Mude de foco: parece uma conversa batida, mas é verdade. Em vez de focar tanto naquilo que você não tem ou não fez, veja pelo outro lado, reconhecendo aquilo que você tem e já viveu. Faça isso ajustando quem você segue nas redes sociais, silenciando aqueles que estão apenas contando vantagem e seguindo apenas as pessoas que lhe fazem bem. Entenda o que te deixa feliz e motivado e dê preferência para este tipo de perfil.

Mantenha um diário: o bombardeio de experiências legais dos outros muitas vezes pode fazer com que você se esqueça das coisas boas que já viveu (e possivelmente também publicou on-line). Mantenha um diário ou uma caixa de lembranças das suas vivências, seja fisicamente ou on-line. Isso lhe ajudará a mudar o foco da aprovação das outras pessoas e substituí-lo pelo reconhecimento íntimo de tudo o que faz a sua vida ser tão interessante quanto a dos outros.

Busque conexões genuínas: as redes sociais muitas vezes passam a falsa impressão de que realmente conhecemos as pessoas que seguimos ou que elas são nossas amigas de verdade. Mas nem sempre isso reflete a realidade, o que pode amplificar o sentimento de solidão. Dê preferência por cultivar as suas amizades verdadeiras, marcando encontros presenciais ou até mesmo on-line.

Seja grato: hoje em dia muitas pessoas e perfis difundem a ideia da gratidão e, por mais clichê que possa parecer, é um ótimo conselho. Estudos demonstram que pessoas que se lembram de ser gratas, seja mantendo um diário de gratidão ou dizendo aos outros o que você admira neles, são capazes de melhorar os ânimos tanto pessoalmente como para os outros ao seu redor. 

Embora a Fomo seja um fenômeno catalisado pelas redes sociais, você não precisa se desconectar totalmente para evitar que ela afete sua vida. Mude o foco e selecione aquilo que lhe faz sentir menos angustiado ou infeliz. Se tiver dificuldade em fazer isso sozinho, busque ajuda profissional ou dos seus amigos – aqueles de verdade, on e off-line.

LEIA TAMBÉM: 7 FILMES QUE ABORDAM A SAÚDE MENTAL

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

O Último Adeus + Brinde Exclusivo
R$ 54,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Mamãe Está com Câncer + Brinde Exclusivo
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Graphic NovelListas

8 Histórias em quadrinhos nacionais que você precisa conhecer

Quadrinhos são uma fonte rica de informação, entretenimento e de estímulos para a...

Por DarkSide
FilmesResenha

Caveira Viu: O Menu

A alta gastronomia possivelmente nunca esteve tão em alta como nos dias de hoje....

Por DarkSide
CuriosidadesGraphic Novel

Por que ler quadrinhos faz bem ao cérebro?

Houve um tempo em que histórias em quadrinhos eram desprezadas no meio literário....

Por DarkSide
ListasMedo Clássico

A influência de Orlando: Uma Biografia no mundo das artes

Não é novidade para ninguém que Virginia Woolf era uma escritora tão à frente de...

Por DarkSide
FilmesGraphic NovelSéries

Conheça os filmes e séries que inspiraram Hailstone

Horror, ficção científica, ficção histórica, faroeste e mistério se misturam...

Por DarkSide