Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


CuriosidadesDarksideFilmes

Qual a verdadeira história de Valak?

Saiba tudo sobre o demônio que inspirou a Freira de Invocação do Mal

18/03/2024

O universo da franquia Invocação do Mal, ou InvocaVerso para os íntimos, é conhecido por seus antagonistas icônicos inspirados em casos reais. Muitos deles, inclusive, precisam agradecer aos filmes pelo aumento de sua popularidade (a boneca Annabelle que o diga!). Entre tantos demônios, espíritos e objetos assombrados enfrentados pelo casal Warren há um que conquistou os fãs e deu o que falar: o demônio Valak

LEIA TAMBÉM: SAIBA A ORDEM DOS FILMES DO UNIVERSO DE INVOCAÇÃO DO MAL

Nossa freira demoníaca favorita foi apresentada em 2016 em Invocação do Mal 2, segundo filme da franquia. O longa dirigido por James Wan foi baseado nas famosas atividades paranormais que aconteceram em 1977 na Green Street, 284 e que mais tarde ficaram conhecidas como o Poltergeist de Enfield. Contudo, na hora de criar seu grande vilão, o filme se afastou da história real e apresentou um personagem que não tinha nada a ver com Enfield

invocação do mal 2

Valak até poderia não ter nada a ver com o poltergeist que aterrorizou a família Hodgson, mas isso não significa que o demônio não possua origens na vida real. Na verdade, a história de Valak remonta a séculos, muito antes da humanidade sequer pensar em cinema. Vem que hoje a Caveira te conta a verdadeira origem desse demônio que conquistou as telas do terror. 

O 62º demônio da Goécia

No universo Invocação do Mal, especificamente nos filmes A Freira e A Freira 2, as origens de Valak remontam a um mosteiro romano onde descobrimos que o demônio é, na verdade, um anjo caído que foi banido para o inferno e assumiu a forma de uma freira para zombar da Igreja

LEIA TAMBÉM: A FREIRA 2 CONFIRMA TEORIA DE FÃS DE INVOCAÇÃO DO MAL

Contudo, na vida real, as origens de Valak são bastante diferentes. Grande parte do que sabemos sobre ele vem do século XVII, do grimório A Chave Menor de Salomão, que compila textos e materiais de séculos passados, reunindo as conjurações necessárias para invocar os 72 espíritos que teriam sido convocados e banidos pelo rei Salomão. A obra foi traduzida ao final do século XIX por um membro da Ordem Hermética da Aurora Dourada, sociedade secreta britânica que reunia diferentes vertentes mágicas, ganhando notoriedade com uma introdução assinada pelo próprio Aleister Crowley.

VALAK

A Chave Menor de Salomão descreve Valak como o 62º demônio. Com o título de presidente, ele é o comandante de trinta legiões infernais, possuindo o poder de oferecer “respostas verdadeiras de tesouros escondidos” e magicamente localizar serpentes, com quem possui uma estranha conexão.

Entretanto, para a decepção dos fãs de Invocação do Mal, o demônio nunca assumiu a sinistra forma de uma freira. Isso foi algo inteiramente criado pelos cineastas responsáveis pela franquia. Na verdade, segundo o Dicionário dos Demônios: Demonologia de A a Z, uma das obras mais valiosas sobre o tema, Valak é descrito de forma bem mais “suave” (se é possível falarmos assim de um demônio): uma criança com asas de anjo, montada em um dragão de duas cabeças

dicionário dos demônios

Apesar de grande parte das informações sobre a entidade datarem do século XVII, uma de suas primeiras aparições remonta a um grimório do século XV, o Manual de Munique. Aqui, Valak aparece como Volach, sendo descrito como o Presidente do Inferno, comandante de 27 legiões e assumindo a forma de um belo rapaz com duas cabeças e asas de anjo. Posteriormente, ele aparece também no texto Pseudomonarchia Daemonum (algo como O Falso Reino dos Demônios) publicado no século XVI pelo médico holandês Johann Weyer e até mesmo no influente tratado Descoberta da Bruxaria do jurista britânico Reginald Scot. 

Ao longo do tempo, dependendo dos diferentes manuscritos, edições e traduções, Valak sofreu variações de títulos e nomes. Em alguns textos, seu nome aparece escrito de formas distintas, como Valac, Valu e Volac, e em outros é classificado não como o presidente, mas como o príncipe do inferno. Já algumas versões o apontam como o líder de 38 legiões de demônios, ao invés de 30 ou 27. 

Muito se fala também que sua iconografia remete ao deus grego Hermes e sua contraparte romana, Mercúrio, conhecido pelo emblema do caduceu, bastão com duas serpentes entrelaçadas, as quais teriam sido transformadas pelos grimórios em um dragão de duas cabeças. Além disso, por ser considerado um demônio antigo, Valak poderia assumir qualquer forma, utilizando da inocente imagética infantil para enganar e atrair suas vítimas. Inclusive, isso o fez ser associado retroativamente a incidentes e histórias que misturam fatos e fantasia, como a Cruzada das Crianças no século XIII.

a freira

Com uma história tão rica e interessante como essa fica fácil entender como o demônio foi traduzido e transformado em um vilão cinematográfico para lá de aterrorizante, não é mesmo? Mas calma, que tem mais!

O personagem foi baseado num encontro real de Lorraine

Quando exploramos a verdadeira história de Valak, descobrimos que, além do nome, o demônio cinematográfico compartilha poucas coisas com a entidade presente nos tratados demonológicos. Contudo, há ainda outra história real que ajudou James Wan a criar o personagem que aterrorizou os fãs em Invocação do Mal 2.

O vilão foi inspirado em relatos e vivências da própria Lorraine Warren. A médium contou que na década de 1970 realizou uma viagem a uma igreja assombrada no sul da Inglaterra onde sentiu a presença de uma freira, que de acordo com os locais seria o fantasma de uma religiosa enterrada viva nas paredes do convento século atrás. Outra inspiração veio de uma conversa entre James Wan e Lorraine sobre uma de suas experiências logo após as investigações em Amityville. Lorraine contou que estava descansando em casa quando sentiu a presença de uma entidade espectral maligna, descrita por ela como um “turbilhão de tornado” mais sombria do que a própria noite. 

invocação do mal 2

A ideia de uma freira demoníaca surgiu na mente de Wan depois de algum tempo. O diretor afirmou que não queria criar o personagem por meio de computação gráfica, então imaginou uma presença que atacasse a fé de Lorraine e ameaçasse a segurança de seu marido por meio de uma iconografia sagrada. Foi assim que nasceu o Valak que conhecemos. Inclusive, o personagem só foi adicionado ao filme nas refilmagens, sendo então interpretado pela atriz Bonnie Aarons, que é quem veste o hábito até hoje. 

Mergulhe no mundo de Ed & Lorraine Warren

Valak saiu das páginas de grimórios e tratados de demonologia para assombrar um novo público no século XXI: os fãs de filmes de terror. O sucesso do personagem foi tão grande que ele não apenas ganhou dois filmes próprios, como também fez aparições em outros spin-offs da franquia, como Annabelle 2: A Criação do Mal (2017).  

O demônio pode ser um dos mais inimigos mais famosos do casal Warren nas telas dos cinemas, mas na vida real muitos outros foram dignos de relatos ainda mais assustadores. Há muito a Caveira reuniu coragem e abriu os arquivos da dupla de investigadores paranormais mais famosa da cultura pop e revelou tudo que você precisa saber. Ed & Lorraine Warren: Demonologistas de Gerald Brittle traz para os DarkSiders os principais casos reais investigados pelo casal em uma biografia definitiva cheia de detalhes.

ed e lorraine warren

Livro de cabeceira de James Wan e Vera Farmiga, que interpretou Lorraine nos filmes, Ed & Lorraine Warren: Demonologistas é o guia essencial para os fãs do InvocaVerso e mostra que a vida real pode sim, ser muito mais assustadora que a ficção.

LEIA TAMBÉM: QUAL A RELAÇÃO ENTRE POLTERGEIST E ED E LORRAINE WARREN?

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

3 Comentários

  • MARGARETH ROSI MARTINS

    24 de março de 2024 às 18:13

    li o livro deles a pouco e fica uma sensação de dejavu muito grande, aconselho este livro aos corajosos e curiosos.

  • Lorrany

    12 de junho de 2024 às 18:32

    Lendo o livro da pra entrar pode se dizer nas próprias histórias, são histórias muito interessantes mas mesmo assim não nos da vontade nenhum pouco de passar por elas obviamente, nem mesmo de seguir este caminho, mas é algo que nos trás um entretenimento muito interessante, que nos prende, nos faz gostar muito do universo de invocação do mal !!!!!!!

  • Ricardo alex

    1 de julho de 2024 às 02:34

    nossa que canal maravilhoso ❕

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

1977 - Enfield
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Dicionário dos Demônios + Brinde Exclusivo
R$ 129,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CuriosidadesFilmes

Como foi a preparação de Kirsten Dunst para Entrevista com o Vampiro

Um vídeo de Kirsten Dunst relembrando seu papel na adaptação do clássico Entrevista...

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Warlock: Esse filme já enfeitiçou você?

Eu não sei onde você estava (ou se havia nascido) nos anos 1990, mas se você tivesse...

Por Cesar Bravo
Curiosidades

Quando é a próxima Sexta-feira 13?

Dia de azar para alguns, de sorte para outros. Para surpresa de zero pessoas a Caveira...

Por DarkSide
ColecionáveisGraphic NovelNovidades

Uma Hello Kitty de Junji Ito? Acredite, o crossover vem aí

O fato de Hello Kitty não ter uma boca vai deixar de ser a coisa mais sinistra a seu...

Por DarkSide
DarkloveDarkSide RecordsLançamento

Lançamento: Música para Morrer e Renascer, por Valzhyna Mort

Aclamado pelo The New York Times como um dos melhores livros de poesia de 2020 e...

Por DarkSide