Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


DarksideFilmes

Raggedy Ann: Curiosidades macabras sobre a Annabelle original

Boneca criada no início do século XX estrelou uma série de livros

A essas alturas você provavelmente já sabe que a Annabelle dos filmes de terror é inspirada numa boneca amaldiçoada verdadeira que foi investigada e guardada pelo casal de demonologistas Ed e Lorraine Warren. E também já deve saber que a aparência demoníaca que ela ganhou no cinema é bem diferente da original, que é uma boneca de pano aparentemente normal.

LEIA TAMBÉM: 8 CASOS INVESTIGADOS POR ED & LORRAINE WARREN QUE IRÃO TE POSSUIR

Se você tem a impressão de que já viu Annabelle original em outros filmes e séries, pode ficar tranquilo que ela não estava possuindo outro brinquedo. É que a boneca de pano que os Warren estudaram era um modelo bem popular nos Estados Unidos na primeira metade do século XX, e é conhecida e cobiçada até os dias de hoje. Seu nome é Raggedy Ann.

A boneca de pano que tinha lãs castanho-avermelhadas como cabelos e um nariz em formato de triângulo foi uma criação do escritor e ilustrador norte-americano Johnny Gruelle. O brinquedo chegou a ser patenteado em 1915, mesmo ano em que a personagem foi criada.

Três anos mais tarde, a boneca ganhou uma série de livros para chamar de sua. As obras eram escritas e ilustradas pelo próprio Gruelle, que iniciou a coleção com o título Raggedy Ann Stories (Histórias de Raggedy Ann), publicado em 1918. Dois anos depois do primeiro livro, Raggedy Ann ganhou um irmão: Raggedy Andy. 

Créditos: Kristyna Wentz-Graff

Com o sucesso do primeiro livro, Johnny Gruelle continuou publicando uma edição por ano da coleção de Raggedy Ann até o final de sua vida, em 1938. Naquele ano, a primeira edição dos livros de Raggedy Ann atingiu a marca de 3 milhões de exemplares vendidos. Além destas histórias, o autor também escreveu letras para canções infantis.

Apesar das mulheres da família Gruelle terem fabricado algumas das versões iniciais da boneca, para ajudar nas vendas dos livros, o criador logo fechou um contrato com a P. F. Volland Company, sua editora original, para que as bonecas fossem produzidas, divulgadas e vendidas em massa.

Origem controversa e curiosidades macabras sobre a Annabelle original

Não é só a prima cinematográfica de Raggedy Ann que possui um passado macabro. A história da boneca de pano é repleta de mistérios, lendas fomentadas pelo próprio Johnny Gruelle, disputas judiciais e até mesmo envolvimento com o movimento antivacina.

LEIA TAMBÉM: O QUE É REAL E O QUE É FICÇÃO NOS FILMES DO CASAL WARREN

Até mesmo a origem correta de Raggedy Ann é incerta. A lenda é de que a filha de Johnny, Marcella, certo dia desceu do sótão de sua avó segurando uma boneca de pano sem rosto que ela tinha encontrado. De acordo com a história, a menina deu a boneca ao pai, que pegou sua caneta de ilustração e desenhou um rosto para o brinquedo. Em seguida, disse à filha para levar a boneca à avó para que ela costurasse um botão para o olho que estava faltando.

Apesar de esta ser considerada a versão oficial da origem de Raggedy Ann, se a esposa de Gruelle estivesse viva ela provavelmente contaria uma história diferente. Segundo Myrtle, a boneca original foi descoberta pelo próprio Johnny no sótão da casa dos pais enquanto estava procurando outra coisa. Quando encontrou a boneca que sua mãe havia feito para sua irmã, pensou que ela poderia render uma boa história.

Não podemos esquecer que Johnny Gruelle era um escritor, então storytelling era algo que ele dominava bastante. Além da origem controversa, há outros fatos macabros e curiosidades que cercam a trajetória de Raggedy Ann:

Créditos: Reprodução/Warren Museum

Passagem pelo movimento antivacina

Historicamente, Raggedy Ann foi associada ao movimento anti-vacina do século passado. Mas os fatos que justificariam esta associação improvável também são incertos. O que se sabe é que Marcella, a filha de Gruelle, morreu aos 13 anos de idade, mais ou menos na época em que a patente da boneca foi liberada. Embora algumas pessoas digam que Ann seria um tributo à filha, sabe-se que ela já estava em desenvolvimento muito antes da tragédia ter ocorrido.

A relação com o movimento antivacina vem do suposto motivo da morte de Marcella. Algumas versões dizem que ela faleceu após ter sido vacinada contra varíola na escola, sem o consentimento explícito dos pais. As complicações poderiam ter vindo de uma dose contaminada, e não dos efeitos colaterais da vacina. Outras versões justificam que a menina havia contraído uma infecção, mas que não necessariamente isso teria qualquer relação com o imunizante. A doença em questão teria sido difteria, que hoje é prevenível com vacinação.

Embora Johnny Gruelle nunca tenha se posicionado explicitamente contra a vacina ou feito qualquer associação da boneca aos movimentos, sabe-se que ele não era muito simpático à ideia. A narrativa criando a associação com Raggedy Ann surgiu dos próprios movimentos antivacina.

Uma boneca com coração

Outro boato envolvendo Raggedy Ann dizia que ela possuía um doce em formato de coração em seu interior. Uma inspiração viria das histórias literárias da boneca, nas quais Gruelle dizia que a bondade de Ann viria de seu inabalável coração doce. Para completar, Worth, filho de Gruelle, certa vez comentou que lembrava de quando ia a lojas de doces comprar aqueles em formato de coração.

Um telefone sem fio de décadas e um pouco de criatividade resultaram na lenda de que as bonecas confeccionadas pela própria família Gruelle teriam doces em formato de coração dentro delas. Infelizmente ninguém pode confirmar se isso era verdade.

Inspiração para Monteiro Lobato

Se você acha que Raggedy Ann lembra muito a Emília de O Sítio do Pica-Pau Amarelo, há um motivo para isso. As duas personagens surgiram em épocas muito parecidas: Raggedy Ann surgiu em 1915, com seus livros sendo publicados a partir de 1918. A primeira história do Sítio foi publicada em 1920, já com Emília.

Sabe-se que Monteiro Lobato se inspirava em obras e lendas estrangeiras na composição das histórias de O Sítio do Picapau Amarelo, tanto nas aventuras dos personagens como nos próprios protagonistas. Segundo a escritora Ana Maria Machado defende no livro Como e por que ler os clássicos universais desde cedo, Raggedy Ann seria uma das inspirações para Emília.

Bonecas por toda parte

Ao longo das décadas, as bonecas Raggedy Ann continuaram a ser fabricadas e acabaram se tornando itens de colecionador – principalmente as mais antigas. Problemas de licença levaram Gruelle a disputas judiciais na década de 1930, mas hoje em dia a patente de Raggedy Ann já expirou e ela caiu em domínio público.

Créditos: Warner Bros.

Já a mais famosa de todas, a Annabelle dos Warren, está segura em uma caixa de vidro no museu dedicado ao casal, no estado de Connecticut – só não a retire do local.

LEIA TAMBÉM: 6 FATOS ASSUSTADORES SOBRE A BONECA ANNABELLE

Sobre DarkSide

Eles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

1 Comentário

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

  • Experiência Dark
  • Experiência Dark
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
LançamentoMagicae

Lançamento: Dicionário dos Sonhos, de Gustavus Hindman Miller, Linda Shields e Lenore Skomal

Nossos sonhos são portais para o inconsciente, uma linguagem espiritual para desvendar...

Por DarkSide
LançamentoMagicae

Lançamento: Manual Prático das Auras, de Cassandra Eason

As cores e as emoções possuem paralelos que são muito comuns na nossa comunicação...

Por DarkSide
LançamentoMagicae

Lançamento: Manual Prático da Wicca, de Cassandra Eason

Os primeiros passos em um novo universo são, quase sempre, acompanhados por muitas...

Por DarkSide
LançamentoMagicae

Lançamento: Inútil Magia, de Florence Welch

“Canções podem ser incrivelmente proféticas, como mensagenssubconscientes ou...

Por DarkSide
Crime SceneListas

8 Filmes noir para assistir no streaming

Marcado pelo suspense e o tom sombrio, o noir se tornou bem popular nas décadas de...

Por DarkSide