Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


CuriosidadesMedo Clássico

Roteiro Machado de Assis para a cidade do Rio de Janeiro

Conheça lugares especiais para o escritor imortal

19/01/2023

Ler uma obra de Machado de Assis é mais do que mergulhar nas camadas de seus complexos, errôneos e absolutamente humanos personagens. É ser transportado a outro tempo e outro lugar, mais precisamente ao Brasil que estava deixando para trás a sua condição de império para se tornar uma república, tendo o Rio de Janeiro como sua capital. 

LEIA TAMBÉM: MACHADO DE ASSIS: MUITO ALÉM DO REALISMO

Um pouco da relação do autor com a capital carioca pode ser observada em Machado, a Cidade e seus Pecados, uma coleção de contos, novelas e fragmentos de romances machadianos que conversam intimamente com a atmosfera fluminense da época. 

Fiel observador da cidade, o escritor imortal tem uma relação especial com alguns cantos do Rio de Janeiro, como os bairros onde morou, trabalhou e os locais que gostava de frequentar. Conheça a seguir um roteiro obrigatório da capital carioca para os fãs de Machado de Assis:

1. Rua do Ouvidor

Cenário das fervilhantes crônicas do autor, a rua do Ouvidor abrigava as redações dos grandes jornais da época, por isso Machado se tornou um assíduo frequentador de olhos e ouvidos sempre atentos para captar as frivolidades do cotidiano. Foi a rua mais movimentada e importante do Rio de Janeiro até a virada do século XX. 

É na rua do Ouvidor que Brás Cubas reencontra Virgília e onde Bentinho costuma passear em Dom Casmurro. Um dos locais prediletos na via era a Livraria Garnier, que servia como ponto de encontro para ele, seus amigos e seu editor.

rua do ouvidor
Imagem: Fulviusbsas/ Wikipedia

2. Laranjeiras

Não foi por acaso que o escritor escolheu o Cosme Velho como local para morar: antes disso ele adorava passear nas Paineiras. Infelizmente a casa onde o autor morou não está mais lá. 

LEIA TAMBÉM: POR QUE MACHADO DE ASSIS ERA CHAMADO DE BRUXO DO COSME VELHO?

Outro ponto preferido por ele era o Largo do Machado. Mas nem tudo era perfeito nas Laranjeiras: Machado de Assis detestava a matriz de Nossa Senhora da Glória. Sua crítica era referente à arquitetura da igreja, e dizem que ele até abaixava a cabeça quando passava por lá para evitar olhar a construção.

igreja nossa senhora da graça
Imagem de domínio público

3. Glória

Na época de Machado, a Glória era um dos bairros mais nobres da capital do Brasil, pois era onde ficavam as embaixadas. Uma de suas principais homenagens ao bairro está em Dom Casmurro: no romance, Capitu e Bentinho moram lá e observam o mar da janela de casa.

glória
Imagem: O Globo

4. Santa Teresa

O charmoso bairro de Santa Teresa permanece até hoje um reduto de artistas, intelectuais e pessoas que gostam de um estilo de vida mais boêmio e pacato. No final do século XIX o local, que fica em uma posição elevada, ganhou um bondinho, que se tornou tema dos textos machadianos. É lá que mora Luiz Garcia, do romance Iaiá Garcia.

santa teresa
Imagem: Bruno Veiga

5. Flamengo

O bairro do Flamengo foi no século XIX o que Copacabana foi para o século XX: um importante destino de lazer da sociedade carioca. Foi na orla do bairro que Machado de Assis decidiu ambientar a morte de Escobar, amigo e antagonista de Bentinho em Dom Casmurro. O bairro também serviu de inspiração para o último romance do escritor, Memorial de Aires.

Flamengo 1949
Imagem de domínio público

6. Confeitaria Colombo

Fundada em 1894, a Confeitaria Colombo era um ponto de encontro entre os intelectuais da época, como Olavo Bilac, Chiquinha Gonzaga e, claro, Machado de Assis. Até hoje a confeitaria mantém a mobília do século retrasado e seus salões belamente decorados com toques de art nouveau. Se quiser incluir os quitutes do local no seu roteiro, chegue cedo, pois a Colombo costuma ficar lotada.

confeitaria colombo
Imagem: Diego Baravelli / Wikipedia

7. Academia Brasileira de Letras

A Academia Brasileira de Letras (ABL) não poderia ficar de fora do roteiro, afinal, Machado de Assis foi seu fundador em 1897, o primeiro dos imortais e detentor da cadeira nº 23. Além do local contar com uma estátua de bronze representando o escritor, vale muito a pena observar o mobiliário preservado desde a época de sua fundação.

ABL
Imagem: Wolfhardt / via Wikimedia Commons / CC-BY-SA 3.0

LEIA TAMBÉM: MACHADO, A CIDADE E SEUS PECADOS: CONHEÇA OS 7 PECADOS CAPITAIS

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

1 Comentário

  • Lisandro

    25 de janeiro de 2023 às 07:28

    Excelente matéria! Gosto muito da obra do Machado de Assis e conhecer os lugares que frequentou e morou, é muito interessante.

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Medo Imortal + Brinde Exclusivo
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Parthenon Místico + Brinde Exclusivo
R$ 59,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Graphic NovelListas

8 Histórias em quadrinhos nacionais que você precisa conhecer

Quadrinhos são uma fonte rica de informação, entretenimento e de estímulos para a...

Por DarkSide
FilmesResenha

Caveira Viu: O Menu

A alta gastronomia possivelmente nunca esteve tão em alta como nos dias de hoje....

Por DarkSide
CuriosidadesGraphic Novel

Por que ler quadrinhos faz bem ao cérebro?

Houve um tempo em que histórias em quadrinhos eram desprezadas no meio literário....

Por DarkSide
ListasMedo Clássico

A influência de Orlando: Uma Biografia no mundo das artes

Não é novidade para ninguém que Virginia Woolf era uma escritora tão à frente de...

Por DarkSide
FilmesGraphic NovelSéries

Conheça os filmes e séries que inspiraram Hailstone

Horror, ficção científica, ficção histórica, faroeste e mistério se misturam...

Por DarkSide