Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


DarksideVários

Transumanismo traz o steampunk para a realidade

Próteses funcionais deixam o universo de Parthenon Místico mais próximo da realidade

01/09/2021

O violinista Giovanni Filippeto tem dificuldade em acender um simples cigarro. Seus dedos robóticos arruinaram dois antes de ele conseguir acender o terceiro. Os membros artificiais são difíceis de controlar, o que leva o personagem a derrubar objetos que deveria segurar e destruir coisas que deveria proteger.

Giovanni conta em seu “noitário” que suas mãos lhe foram arrancadas, explicando o motivo das próteses. Ele vive no universo steampunk de Parthenon Místico, obra de Enéias Tavares que presta homenagem a personagens da literatura brasileira no mundo de Brasiliana Steampunk.

LEIA TAMBÉM: O UNIVERSO FANTÁSTICO DE PARTHENON MÍSTICO PELOS TRAÇOS DE ANA LUIZA KOEHLER

Misturando elementos do século XIX a temas futuristas, como robótica e membros biônicos, o escritor aproveita o melhor do steampunk para contar uma história que ultrapassa as barreiras do livro, com interações transmídia. Este subgênero da ficção científica explora a inserção da tecnologia na nossa vida, ainda que de uma forma quase arcaica.

Mas as modernidades que há até pouco tempo só poderiam sair da mente fértil de escritores já estão virando uma realidade. Um dos movimentos que insere artefatos tecnológicos na vida das pessoas é o transhumanismo.

O que é o transumanismo

Também chamado de visão transumanista, o transumanismo é um movimento filosófico e cultural que tem por objetivo transformar a existência humana por meio de tecnologias emergentes. O propósito é alcançar o potencial máximo em termos de evolução humana, mesmo que de maneira artificial, ultrapassando a evolução biológica.

Através do transumanismo as pessoas seriam capazes de ultrapassar as atuais capacidades intelectuais físicas e psicológicas, alcançando o patamar de pós-humano. Superando tais limitações, a humanidade poderia ver erradicado o sofrimento causado por doenças, além de se tornar imune aos efeitos do tempo, podendo inclusive alcançar a imortalidade.

Existem duas formas de desenvolver o transumanismo: através de implantes cibernéticos, os chamados “grinders”, e por meio de experimentos genéticos, chamados de “biológicos”. Principalmente no segundo caso, há um forte debate ético sobre os benefícios e perigos do uso de tais tecnologias.

Longe das visões mais ambiciosas da ficção científica, há pensadores que acreditam que os avanços da medicina já nos tornaram transumanos de certa forma, uma vez que hoje as possibilidades de longevidade da raça humana se mostram cada vez mais amplas. Além disso, o uso de dispositivos como marca-passo e próteses já tem nos transformado em seres biônicos

LEIA TAMBÉM: STEAMPUNK: CONHEÇA O GÊNERO DE PARTHENON MÍSTICO

Já vivemos uma realidade steampunk

Assim como Giovanni Filippeto, pessoas do mundo inteiro acabam precisando lidar com a perda de algum membro. E existem empresas e projetos dedicados a não tornarem isso um impeditivo, produzindo próteses que não apenas substituem braços e pernas, mas capazes de empoderar seus usuários.

Esta é a missão do The Alternative Limb Project, iniciativa fundada pela designer Sophie de Oliveira Barata. As criações da artista misturam tecnologia de ponta com artesanato, explorando temas como autoimagem, modificação, evolução e transumanismo, ao mesmo tempo em que promove o debate sobre deficiência física e celebra a diversidade dos tipos de corpo.

Ela emprega suas habilidades para criar membros ultrarrealistas ou altamente elaborados esteticamente. Os trabalhos contam com a colaboração de especialistas de outras áreas, como modelagem 3D, eletrônica e tecnologia de ponta. Seus clientes incluem paratletas, músicos, modelos, artistas e empresas de videogames.

O trabalho de Sophie ficou mundialmente conhecido foi o da cantora Viktoria Modesta durante sua apresentação no encerramento das Olimpíadas de Londres em 2012. Além de substituir membros orgânicos, as peças da artistas carregam a personalidade de seus donos, como no caso de Viktoria, que utilizou uma prótese coberta por cristais.

Confira alguns dos impressionantes trabalhos do The Alternative Limb Project:

LEIA TAMBÉM: ENÉIAS TAVARES: ENTRE AMIGOS & MONSTROS IMAGINÁRIOS

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

1 Comentário

  • Abyss606

    1 de setembro de 2021 às 15:40

    Já li “A terrível lição de anatomia do Dr. Louison”, achei muito bom é um dos primeiros livros que li até o final, quero ler esse também em breve.

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Parthenon Místico + Brinde Exclusivo
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Geek Love
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesNovidades

Oldboy: Park Chan-wook vai participar da adaptação do filme para a TV

E vamos de mais adaptação. Desta vez, a obra é o clássico sul-coreano Oldboy, de...

Por DarkSide
DarkloveSéries

4 Séries que têm tudo a ver com Reino das Bruxas

O momento que tantos DarkSiders esperavam finalmente chegou: a trilogia Reino das...

Por DarkSide
NovidadesSéries

Steve Buscemi entra para o elenco da segunda temporada de Wandinha

Como vocês estão, amiguinhos? A Caveira está bastante animada com a notícia de que...

Por DarkSide
DarkloveLivros

4 Livros para se encantar pela narrativa de Catherine Ryan Hyde

Encontros improváveis e relações humanas repletas de camadas são marcas registradas...

Por DarkSide
LançamentoMacabra

Lançamento: Medicina Macabra 4, por Arnold van de Laar

Somos seres curiosos por natureza. Embarque conosco no quarto volume da coleção...

Por DarkSide