Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ

Coven MagicaeListasMagicae

O poder dos 6 instrumentos essenciais na Bruxaria Natural

Descubra as ferramentas básicas da bruxa natural em suas práticas mágicas

Uma bruxa sempre está cercada de instrumentos mágicos que auxiliam na sua prática. A função principal deles é facilitar a conexão e o direcionamento das energias naturais durante um ritual ou feitiço.

Dentro da Bruxaria Natural, os instrumentos mágicos são diferentes do que aqueles que encontramos em outras vertentes e caminhos. Como uma bruxa natural é uma pessoa que tem uma profunda conexão com a natureza e usa sua sabedoria e poder de cura no dia a dia, os seus instrumentos carregam a sua essência e se tornam seus aliados dentro do caminho natural. Assim, a bruxa natural confia na natureza para guiá-la em seu caminho e faz uso de tudo o que ela oferece. Plantas, flores e ervas trazem a energia da cura. Pedras e cristais fazem a ligação com a terra em que vive. Os quatro elementos formam a base de sua magia. As possibilidades são infinitas.

Inspirada nos saberes mágicos do livro Bruxa Natural, de Arin Murphy-Hiscock, reuni 6 instrumentos que são essenciais na prática da bruxaria natural. Então, venha trilhar o caminho natural junto comigo.

LEIA TAMBÉM: CONHEÇA ARIN MURPHY-HISCOCK, AUTORA DE BRUXA NATURAL

1. Ervas e Plantas

Como a bruxa natural possui essa conexão profunda com as energias da natureza, não surpreende que ervas e plantas sejam os principais instrumentos que ela faz uso.

As ervas e as plantas em geral (árvores, arbustos, flores, etc) são seres vivos que possuem a capacidade de canalizar, armazenar e misturar as vibrações dos 4 elementos, do Sol, da Lua e dos demais astros dentro de si, entregando assim como resultado uma energia mágica que será única para cada espécie.

Créditos: stoeckle/ Getty Images Pro

Desta forma, as ervas e as plantas atuam em todos os níveis do nosso ser. Enquanto a fitoterapia estuda a ação delas no nosso corpo físico através dos seus compostos, a fitoenergética estuda a sua influência nos corpos sutis (emocional, mental e espiritual) através da sua vibração energética. A bruxa natural estuda as correspondências mágicas e terapêuticas de cada erva e planta em suas práticas para trabalhar as energias das áreas presentes em sua vida: harmonia, saúde, amor, felicidade, paz, abundância e proteção.

No livro Bruxa Natural você encontrará uma lista completa da correspondência das ervas e plantas para te ajudar a mergulhar nesse universo verde.

LEIA TAMBÉM: DESCUBRA 7 MANEIRAS DE USAR O PODER DAS ERVAS NA BRUXARIA NATURAL

2. Suas mãos

As mãos se tornam um dos instrumentos mais valiosos para a bruxa natural, afinal, uma das maneiras mais antigas de bruxaria consiste no uso das mãos como canais para manipulação de energias.

Uma bruxa natural usa suas mãos para colher ervas e plantas, para preparar incensos e óleos, para misturar chás e tinturas, para criar amuletos e feitiços, para tocar a terra e alcançar as estrelas.

Créditos: ksyfffka07/ Pixabay

Elas se tornam uma extensão física dos nossos pensamentos, da nossa intenção e da nossa vontade. Através das suas mãos, uma bruxa natural é capaz de sentir, absorver ou enviar intenções e vibrações mágicas.

Como Arin Murpy-Hiscock diz no livro Bruxa Natural:

“O toque também nos permite sentir a energia e formar ligações imediatas entre a bruxa natural e com quem ou o que ela se comunica, seja absorvendo informações sobre as energias de uma planta e seus usos potenciais ou pousando a mão sobre a testa de uma criança doente”.

3. Diário

Uma bruxa natural se guia através da sabedoria da natureza, que transmite a ela todos os seus saberes e poderes. Assim, durante a sua jornada pelo caminho natural, a bruxa passa por diversas vivências e experiências únicas que precisam ser registradas já que elas formarão o principal corpo de conhecimento ao qual a bruxa natural vai se referir várias vezes em sua prática mágica. Para isso existe o Diário da Bruxa Natural. Esse caderno não será um Livro das Sombras (como os usados por ocultistas e pela Wicca) pois nele você não irá encontrar registros de feitiços, rituais e informações mágicas.

Uma bruxa natural pode anotar em seu diário as correspondências mágicas e terapêuticas das ervas, plantas, flores, cristais, óleos e outras formas de magia. Mas acima de tudo, ele terá receitas, desenhos, mapas, experimentos, observações e relatos do seu trabalho e outras experiências de conexão com as forças da natureza.

Créditos: Vera Petruck/ Getty Images

A escolha do caderno para criar o seu Diário da Bruxa Natural será livre. Pode ser desde um caderno de brochura simples, passando por um fichário ou até aqueles livros com folhas envelhecidas e capas belíssimas feitas artesanalmente.  Não se preocupe com a estética e não se limite ou deixe de fazer os seus registros caso não tenha acesso ao caderno dos seus sonhos. O Diário da Bruxa Natural não precisa ser perfeito, mas sim uma reprodução dos seus pensamentos e do conhecimento em evolução.

No livro Bruxa Natural, você irá encontrar todas as dicas para criar o seu diário e como organizar as informações ou pensamentos nele.

LEIA TAMBÉM: GUIA DA BRUXARIA VERDE: A MAGIA QUE VEM DA NATUREZA

4. Xícara

Uma xícara é um instrumento que pode parecer simples, mas que tem muito valor dentro do caminho natural já que as bruxas naturais a utilizam de diversas maneiras. A xícara pode servir como instrumento de medida durante as suas receitas e preparações mágicas. Uma xícara cheia de pétalas de rosa ou meia xícara folhas de alecrim terão proporções diferentes e assim esse instrumento pode ser usado como medida padrão para que a bruxa natural possa criar suas próprias misturas herbais.

Uma outra forma de usar a xícara é como uma das representações do elemento água. Por exemplo: deixar uma xícara com água mineral no seu altar é uma das formas da bruxa natural de honrar e se conectar com a energia deste elemento em suas práticas. Além disso, a xícara é usada para servir chás mágicos, que são verdadeiras poções de ervas usadas para trabalhar diversas intenções, mas também para servir outras formas de bebida em contextos ritualísticos.

Créditos: photosimysia / Getty Images

Como Arin Murpy-Hiscock diz no livro Bruxa Natural:

“Embora a prática da Bruxaria Natural não envolva grande rituais e cerimônias formais, uma ferramenta casual como uma xícara pode conceder certa energia ao seu trabalho.”

Você pode escolher qualquer xícara, mas os melhores materiais são o vidro ou a cerâmica, que não interferem nas propriedades e sabor dos chás e bebidas feitas à base de ervas.

5. Almofariz e Pilão

Eles foram uma dupla ancestral, usada há centenas de anos para triturar, amassar e moer, ervas e alimentos e transformá-los em algo completamente novo. Representam a união das energias do Sagrado Feminino (o almofariz) e do Sagrado Masculino (o pilão) que habitam em harmonia dentro de tudo o que existe no universo.

Créditos: CreativeFire / Getty Images

Na bruxaria natural, o almofariz e o pilão são indispensáveis para esmagar ervas secas, sementes, cascas, raízes ou resinas para que a bruxa natural possa usá-los em diversas preparações e receitas mágicas. O ideal é que ele seja de pedra ou cerâmica, já que o metal pode interferir nos compostos fitoquímicos e assim prejudicar a ação terapêutica das ervas e a madeira absorve os óleos essenciais e os sumos liberados pelas plantas, fazendo com que seja quase impossível higienizar e eliminar os aromas e sabores, que acabarão por interferir nas próximas misturas feitas.

6. Facas ou tesouras

Na bruxaria natural, uma faca é algo essencial para que a bruxa possa colher ervas e outras plantas para realizar seus trabalhos mágicos.

Este é um instrumento que deve ser usado com cuidado e respeito, já que a faca pode oferecer um risco para quem a usar (através de um acidente) ou para a planta que estiver sendo cortada (que pode acabar morrendo se a colheita não for feita corretamente). Ela também pode ser usada para entalhar símbolos em velas, para cortar tecidos, para direcionar energias etc. Uma bruxa pode reservar e consagrar uma faca apenas para o uso no seu caminho natural.

Créditos: Roberto / Getty Images

Ela não precisará ser artesanal ou possuir um formato específico (como acontece com os athames ou bolines na Wicca), mas é preciso que esteja sempre bem afiada e bem cuidada (sem manchas de ferrugem).

Se você se sentir desconfortável em manipular uma faca para cortar caules e folhas, pode substituir a faca por uma tesoura de jardinagem, deixando a sua faca apenas para picar e preparar as ervas e plantas para suas receitas mágicas.

LEIA TAMBÉM: OS QUATRO ELEMENTOS NA BRUXARIA NATURAL

Sobre Amanda Celli

Amanda Celli é uma bruxa e bióloga que honra a Deusa e encontra sua presença sagrada em cada erva e alimento. Ela é a criadora do Tempero de Bruxa e tem a missão de ensinar as pessoas a antiga arte da bruxaria natural e da culinária mágica através do uso das energias das ervas e dos alimentos. Conheçam mais o seu trabalho acessando o Instagram @temperodebruxa

4 Comentários

  • Karine

    5 de julho de 2021 às 11:44

    Informações surpreendentes à cerca da Bruxaria natural que uma verdadeira fonte de conhecimento e poder.Estou muito encantada com todas as descobertas feitas até agora. Ansiosa por mais dicas.

  • Morgana

    8 de julho de 2021 às 12:50

    Amei o texto e trouxe mais auxílio para aproveita ao máximo esse livro perfeito da DarkSide. Obrigada Amanda.

    • DarkSide

      8 de julho de 2021 às 15:41

      A Caveirinha amou saber! Fica de olho no DarkBlog que ainda temos muito conhecimento para compartilhar! <3

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Bruxa Natural + Brinde Exclusivo
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
EntrevistaMagicae

Duas bruxas contam como a cultura pagã foi transformada durante a pandemia

A pandemia fez com que muitos dos nossos hábitos precisassem se adaptar ao momento que...

Por DarkSide
CuriosidadesMacabra

Crimes Vitorianos Macabros: Curiosidades sobre Jack, o Estripador

A Londres do final do século XIX parecia o centro do mundo: com seus imponentes...

Por DarkSide
CuriosidadesMacabraMedo Clássico

Conheça C. Auguste Dupin, o pai dos detetives de ficção

Grandes escritores buscam inspiração e mentoria em outros grandes escritores. Em...

Por DarkSide
Crime SceneOssos do Ofício

Minha vida de editor na DarkSide, parte 1

Gente mui querida que adora a Caveira, vim aqui pra gente desfiar um-dois minutinhos de...

Por Lielson Zeni
Vários

Todos sofrem de nomofobia: Millenials, Geração Z e cringe

Uma batalha de gerações tomou conta das redes sociais nas últimas semanas: a...

Por DarkSide