Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ


CuriosidadesFilmes

E aquela vez que Tarantino quase dirigiu Halloween?

Um encontro sanguinário entre Michael Myers e Pulp Fiction

11/03/2024

Quentin Tarantino se junta a uma extensa lista de diretores com vários projetos que nunca se concretizaram — fãs de Guillermo del Toro sabem muito bem o que é isso. E tem um desses projetos que certamente animaria os aficionados por terror: o cineasta responsável por produções como Pulp Fiction e Bastardos Inglórios quase deu sua contribuição para a franquia Halloween.

LEIA TAMBÉM: 7 FILMES HOMENAGEADOS POR JOHN CARPENTER EM HALLOWEEN

Acontece que lá nos anos 1990, com o sucesso de filmes como Cães de Aluguel e Pulp Fiction, Tarantino quase entrou para a saga iniciada por John Carpenter em 1978. Na época, a séria estava sendo ressuscitada após o fracasso de Halloween 5: A Vingança de Michael Meyers, de 1989, mas precisava de uma história forte para que esse retorno tivesse sucesso.

Assim, Tarantino foi abordado para escrever e dirigir Halloween 6. Embora no fim das contas ele tenha recusado o convite, o conceito que ele tinha para um filme de Michael Myers acabou sendo aproveitado em outra produção que foi escrita por ele, mas dirigida por outro cineasta.

halloween 6

Halloween encontra Assassinos por Natureza

Na prática, Quentin Tarantino nunca foi oficialmente contratado para fazer Halloween 6, mas ele já tinha uma ideia para o filme. Em uma entrevista de 2019, o diretor contou que sua versão teria uma conexão com Halloween 5, por meio do Homem de Preto, que faz uma aparição no fim do longa.

Na versão dele, Michael Myers e o Homem de Preto iriam fugir juntos de Haddonfield e embarcariam em uma viagem pela Rota 66. No roteiro, eles parariam em várias lanchonetes e lugares aleatórios — com Michael fazendo suas matanças em cada parada.

Só que naquela mesma época, o cineasta estava oferecendo uma história para a Miramax: Assassinos por Natureza. Embora esse filme tenha sido escrito por Tarantino, ele acabou sendo dirigido por Oliver Stone, e o plot é basicamente aquele que ele usaria em Halloween 6 — sem Michael Myers e o Homem de Preto, claro.

assassinos por natureza

Para quem não lembra ou não viu, Assassinos por Natureza é um filme de ação estrelado por Woody Harrelson e Juliette Lewis, que interpretam um casal de namorados e serial killers unidos por suas infâncias traumáticas. Eles embarcam juntos em uma viagem em que matam um monte de gente. Sim, a gente só troca os personagens de Halloween por um casal e temos praticamente o mesmo filme.

O que a ideia de Tarantino significaria para o universo de Halloween?

A gente sabe muito bem que a franquia de Halloween tem lá suas sequências de gosto questionável, e Halloween 6: A Última Vingança se enquadra nessa categoria. É nessa história que conhecemos o Culto de Thorn, que mudou completamente a ideia que todo mundo tinha do Michael Myers.

Segundo o filme, o Culto de Thorn é o verdadeiro responsável pela necessidade de matança de Michael Myers e também por que ele matava membros de sua família. Mesmo que a versão do produtor tenha sido melhor recebida pelos fãs, até hoje esse é conhecido como o filme que matou a saga.

halloween 6

Por mais maluca que seja a ideia de Tarantino para a road trip de Michael Myers em Halloween 6, a habilidade excepcional do cineasta em construir diálogos e histórias engajantes certamente resultaria em uma história fascinante e ao mesmo tempo assustadora

Só o fato de não existir o tal Culto de Thorn já o torna um filme melhor. Por mais que a gente não possa dizer que um Halloween “written and directed by Quentin Tarantino” teria salvado a franquia, teria, no mínimo, mantido a essência de Michael Myers como um assassino cruel, e não como o laranja de um culto sem noção. Sem contar que teria expandido o reino de horror do vilão para além de Haddonfield.

LEIA TAMBÉM: TODOS OS FILMES DE HALLOWEEN EM ORDEM CRONOLÓGICA

Sobre DarkSide

Avatar photoEles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

Website

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Tom Savini: Vida Monstruosa + Brindes Exclusivos
R$ 129,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Ela Não Pode Confiar

    Wicked
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Crime SceneCuriosidades

Jane Toppan: Conheça o caso dessa lady killer

Conhecida como “a primeira serial killer dos Estados Unidos”, Jane Toppan se valia...

Por DarkSide
FilmesFirestar Videolocadora

Deadly Blessing: Wes Craven, pesadelos e Sharon Stone

Alguns mestres supremos do terror se tornaram tão fortemente associados a algumas de...

Por Cesar Bravo
FilmesNovidades

Blumhouse fará um novo A Bruxa de Blair com a Lionsgate

Jason Blum vai reviver A Bruxa de Blair — e se você não captou o que significa essa...

Por DarkSide
Crime SceneLançamento

Lançamento: Lady Killers Profile: Jane Toppan, por Harold Schechter

Em 1891, Jane Toppan jurou cuidar e proteger em sua profissão como enfermeira...

Por DarkSide
Crime SceneNovidades

O.J. Simpson morre aos 76 anos

Aos 76 anos de idade, O.J. Simpson faleceu em decorrência de um câncer nessa...

Por DarkSide