Dark

BLOG

O UNIVERSO DARK DE FÃ PARA FÃ

Graphic NovelPerfil

Separados: Conheça as mentes por trás do lançamento

Scott Snyder, Scott Tuft e Attila Futaki entregam uma HQ aterrorizante sobre a vida na estrada.

Tudo começou com dois amigos e a ideia de um vendedor no começo do século 20: ele poderia lhe vender tudo aquilo que você sonha em ter, mas isso virá junto de um grande pesadelo. Esta foi a ideia que ressoou nas mentes de Scott Snyder e Scott Tuft por alguns anos. O resultado foi Separados, lançamento da DarkSide® Books pelo selo Graphic Novel.

LEIA TAMBÉM: HQ SEPARADOS CHEGA AO BRASIL PELA DARKSIDE®

Os dois Scotts são amigos de longa data e esta foi a primeira vez que trabalharam juntos em uma história em quadrinhos. Os dois elaboraram a concepção e o roteiro da história, mas ainda faltava uma mente criativa para ilustrar a aterrorizante trama. Em uma ampla busca por um artista que conseguisse capturar o tom sombrio e o terror psicológico de Separados, o único nome que parecia se encaixar era o do húngaro Attila Futaki.

O que mais chamou a atenção dos autores da história foi a tensão e o drama retratados por Futaki em algumas páginas teste de outra história. Quando o ilustrador mostrou aos dois a ideia que tinha para Separados, eles tiveram certeza de que ele era o artista certo para a obra. A sintonia dos três fez com que Snyder e Tuft dessem total liberdade para Attila Futaki trabalhar nas ilustrações.

A seguir, conheça um pouco de cada um deles:

Scott Tuft, Scott Snyder e Attila Futaki

Scott Tuft

Apesar de Scott Tuft ter sido um estreante no mundo dos quadrinhos quando escreveu Separados com Snyder, ele é um experiente cineasta. Em sua carreira, já produziu diversos curtas-metragens distribuídos para canais de TVs, exibidos em festivais e que foram premiados. 

Tuft também já escreveu diversos roteiros para TV e cinema e, depois de Separados, passou a desenvolver outras histórias em quadrinhos originais. O produtor e roteirista divide seu tempo entre Nova York e Los Angeles e é amigo de infância de Scott Snyder.

Sua bagagem de cineasta teve forte influência no desenvolvimento de Separados. Ele e Attila, que também é um grande fã de filmes, tiveram diversas conversas quanto ao estilo da HQ e se inspiraram principalmente em referências cinematográficas. Uma das principais vantagens que ele destaca no processo de produção de uma história em quadrinhos em comparação a um programa de TV é a ausência de comerciais ao longo da história, o que permite que a trama se desenrole com mais naturalidade de fluidez.

Outra diferença apontada por ele diz respeito aos diálogos. “Quando você escreve um roteiro, escreve o diálogo pensando em como ele deve soar, mas nos quadrinhos, você se baseia mais na aparência dele”. A ausência de atuação também é destacada por ele, pois isso torna um pouco mais complicado o processo de tecer um subtexto. 

Scott Snyder

Este é o nome mais conhecido pelos fãs de quadrinhos e também pelos fãs da Caveira. Snyder já tem um trabalho publicado pela DarkSide®: Wytches. Apesar de ser publicado mais recentemente no Brasil, Separados é um trabalho anterior a Wytches

LEIA TAMBÉM: 5 LIVROS DA DARKSIDE® PARA AMPLIAR O SEU ENTENDIMENTO SOBRE BRUXAS

Num circuito mais mainstream, Snyder já escreveu histórias de super-heróis para a Marvel Comics, onde começou a trabalhar em 2009, e tem uma carreira mais extensa na DC Comics, onde escreve histórias para super-heróis como Batman e também para o selo Vertigo da editora. 

Pela Vertigo ele publicou American Vampire, sua primeira série regular autoral. As cinco primeiras edições do título são acompanhadas por uma história original de Stephen King, um dos ídolos que despertou em Snyder a vontade por escrever. As ilustrações de American Vampire foram feitas pelo brasileiro Rafael Albuquerque. A publicação recebeu o Prêmio Eisner, um dos mais importantes do mundo dos quadrinhos.

Attila Futaki

Nascido em 1984, este artista húngaro ganhou notoriedade quando ilustrou a adaptação em quadrinhos do livro Percy Jackson e os Olimpianos: O Ladrão de Raios, contratado pela Walt Disney Entertainment. A obra figurou na lista dos mais vendidos do New York Times.

Formado pela Escola Internacional de Quadrinhos de Florença, na Itália, Futaki tem ampla atuação no mercado europeu, ilustrando quadrinhos de diversos países de lá. Seu trabalho foi reconhecido com o prêmio Zórád Ernö, uma premiação húngara de ilustrações, na categoria de Melhor Artista.

Separados foi seu primeiro trabalho para os Estados Unidos e ele ganhou total liberdade criativa por parte dos escritores Scott Snyder e Scott Tuft, que apenas explicaram as emoções que queriam transmitir com a história. A concepção visual, o esquema de cores e a dramaticidade das ilustrações saíram todas da mente de Attila.

LEIA TAMBÉM: DARKSIDE BOOKS E IMAGE COMICS: UM PACTO PELAS MELHORES GRAPHIC NOVELS

Sobre DarkSide

Eles bem que tentaram nos vender um mundo perfeito. Não é nossa culpa se enxergamos as marcas de sangue embaixo do tapete. Na verdade, essa é a nossa maldição. Somos íntimos das sombras. Sentimos o frio que habita os corações humanos. Conhecemos o medo de perto, por vezes, até rimos dele. Dentro de nós, é sempre meia-noite. É inútil resistir. Faça um pacto com quem reconhece a beleza d’ O terror. O terror. Você é um dos nossos.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Obrigado por comentar! Seu comentário aguarda moderação.

Indicados para você!

Separados + Brinde Exclusivo
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Tokyo Ghost + Brinde Exclusivo
R$ 69,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
Seven to Eternity + Brinde Exclusivo
R$ 64,90
5% de Descontono boleto
COMPRAR
  • Experiência Dark
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
FilmesMedo Clássico

Como o Horror de Coração das Trevas influenciou Apocalypse Now

No final do século XIX, após um longo período de exploração belga no Congo, o...

Por DarkSide
CuriosidadesGraphic Novel

Conheça o caso de Green River Killer

Um dos serial killers com o maior número de vítimas nos Estados Unidos rendeu quase...

Por DarkSide
LançamentoMedo Clássico

“O horror! O horror!”: Coração das Trevas, por Joseph Conrad, chega à DarkSide

Em meados da década de 1870, o rei Leopoldo II da Bélgica passou a...

Por DarkSide
Crime Scene FictionFilmesListas

Nó na Garganta: 8 Curiosidades sobre o filme de Butcher Boy

A infância nem sempre é um período repleto de brincadeiras e boas lembranças. Em...

Por DarkSide
Crime ScenePerfil

Quem foi Hermann Rorschach, que desenvolveu o teste de mancha de tinta

O que você enxerga em uma mancha de tinta em um papel pode mesmo revelar aspectos da...

Por DarkSide